Prática fundamental para a gestão dos recursos hídricos no Brasil

 A a&e Equipamentos e Serviços tem como missão desenvolver, padronizar e implantar soluções de excelência em sistemas em tratamento de águas e efluentes, preservando e melhorando a vida do ser humano e o meio ambiente.

Acerca do tratamento de esgotos, fabricamos estações (ETEs) a nível secundário, associando reator anaeróbio de fluxo ascendente com filtro biológico aerado e decantador secundário. Dispomos delas nas versões vertical, com unidades separadas – LINHA BIOFIBER; e horizontal, constituída por um único equipamento, subdividido internamente em câmaras, podendo, inclusive, ser enterrada – LINHA ECOPREMIUM. Ambas ETEs promovem remoção de 80% a 95% de DBO, 75% a 90% de DQO, 80% a 95% de SST e N-NH3 ≤ 20 mg/L. O efluente dessas estações atende aos padrões estabelecidos pelos órgãos ambientais, podendo ser infiltrado ou lançado em corpo receptor.

A a&e Equipamentos e Serviços, ao conceber a linha BIOFIBER, também se preocupou com um grave problema ambiental, que é a escassez de recursos hídricos. Diante disso, o efluente tratado dessas ETEs, devido a sua excelente qualidade, é adequado para diversas finalidades de reúso: na agricultura; na indústria; ou em fins urbanos não potáveis, como lavagens de pisos, descargas sanitárias, irrigação de jardins, dentre outros, após filtração terciária e desinfecção.

Imagem 3D do Projeto – ETE Guamaré/RN.

As ETEs da linha BIOFIBER são indicadas ao tratamento de efluentes de municípios de pequeno porte, distritos urbanos, condomínios, edifícios comerciais, escolas, universidades, shoppings e muitos outros empreendimentos, que gerem efluentes caracterizados como sanitários.

No caso de cidades de médio e grande porte, a a&e fabrica toda a linha BIOFIBER em estrutura mista, com caixa em concreto e os componentes internos em PRFV.

Imagem Aérea – ETE Guamaré/RN.

Com implantação dessa linha citamos a Estação de Tratamento de Efluentes (ETE), com capacidade para 54,17 m³/h, localizada no município de Guamaré/RN. O sistema encontra-se em operação no conjunto Vila Maria, onde antes havia uma lagoa sem condições adequadas, que recebia o esgoto bruto e funcionava apenas como uma caixa de passagem, desaguando no manancial aquático do mangue daquela região.

Essa ETE contribuirá para a promoção da saúde da população, visando também a sustentabilidade dos recursos hídricos e preservação do meio ambiente, tornando a cidade referência no estado do Rio Grande do Norte em relação ao tratamento de esgotos.

A&E, tratando a vida com responsabilidade.

2018-07-12T11:45:40+00:0002/05/2018|
Open chat
Powered by